Search

Nota Biográfica

Sónia Talhé Azambuja (n. 1974)  é Doutorada (PhD) no ramo de História, na especialidade de Arte, Património e Restauro (2015), pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com a classificação máxima, por unanimidade, de Aprovada com Distinção e Louvor (summa cum laude), com a tese intitulada A Iconografia da Natureza e da Paisagem na Pintura Portuguesa dos Séculos XV e XVI. Imagens e Significados, sob orientação científica do Prof. Doutor Vítor Serrão e da Prof.ª Doutora Teresa Andresen. 

Em 2006, obteve o grau de Mestre em Arte, Património e Restauro pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FL/ULisboa), com a dissertação A Linguagem Simbólica da Natureza. A Flora e Fauna na Pintura Seiscentista Portuguesa orientada pelo Prof. Doutor Vítor Serrão (FL/ULisboa) e pelo Prof. Doutor José Carlos Costa (ISA-ULisboa). Dissertação integralmente publicada em livro (Lisboa: Nova Vega, 2009).

Em 2000, licenciou-se em Arquitetura Paisagista no Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa.

É Professora Auxiliar Convidada de Arquitetura Paisagista (2008- atualidade) no Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa (ISA/ULisboa), lecionando nas unidades curriculares de História e Teoria da Arte dos Jardins (HTAJ), de História da Arte Geral (HAG) e de Desenho Assistido por Computador (DAC) do 1.º Ciclo de Arquitetura Paisagista (Licenciatura); e de Recuperação e Gestão da Paisagem Cultural (RGPC) do 2.º Ciclo de Arquitetura Paisagista (Mestrado), coordenadas pela Prof.ª Doutora Cristina Castel-Branco (HTAJ, HAG e RGPC) e pela Prof.ª Doutora na Luísa Soares (DAC).

Orientadora e coorientadora de dezoito Dissertações de Mestrado em Arquitetura Paisagista no ISA/ULisboa entre 2010 e 2017. Atualmente orienta oito Dissertações de Mestrado em Arquitetura Paisagista, em curso no ISA/ULisboa.

Iniciou em 2003 a sua carreira de docente universitária na licenciatura em Arquitetura Paisagista da Universidade do Algarve, onde lecionou e coordenou até 2007 as cadeiras de História da Arte dos Jardins e de Estética da Paisagem e orientou diversos trabalhos de final de curso de Arquitetura Paisagista.

É Professora Auxiliar Convidada de Arquitetura Paisagista (2009-atualidade) na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve onde leciona nas unidades curriculares de História da Arte dos Jardins I (coord.), de História da Arte dos Jardins II (Coord.), de Arquitetura Paisagista II e de Antropologia do Espaço da licenciatura em Arquitetura Paisagista (1.º Ciclo).

Investigadora do centro de investigação Centro de Ecologia Aplicada “Prof. Baeta Neves”/Rede de Investigação em Biodiversidade e Biologia Evolutiva (CEABN/InBIO), Instituto Superior de Agronomia, Universidade de Lisboa, na linha de investigação de Desenho Ecológico e Arquitetura Paisagista (2011-atualidade). 

Investigadora do Centro de investigação ARTIS - Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (ARTIS-IHA) na linha de investigação de ARS - Arte em Portugal e no “Mundo Português” (2006-atualidade). 

Membro da Equipa de Investigação do Projeto NoVOID - Ruins and vacant lands in the Portuguese cities: exploring hidden life in urban derelicts and alternative planning proposals for the perforated city (Ref.ª PTDC/ATP-EUR/1180/2014), projeto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia na área científica principal de Ambiente, Território e População - Estudos Urbanos e Regionais, coordenado pelo Prof. Doutor Eduardo Brito-Henriques (IGOT/Ulisboa) (2015-2018).

Membro da Equipa de Investigação do Projeto LX GARDENS - Jardins e Parques Históricos de Lisboa: estudo e inventário do património paisagístico, projeto do CEABN-InBIO, coordenado pela Prof.ª Doutora Ana Luísa Soares, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, ref.ª PTDC/EAT-EAT/110826/2009 (2011-2014).


Bolsa de Doutoramento (Ref.ª SFRH/BD/27436/2006) e Bolsa de Mestrado (Ref.ª SFRH/BM/12913/2003) em Estudos Artísticos, atribuídas pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Foi Assistente de Coordenação dos projetos europeus de investigação Culture 2000 Program – Plants in European Masterpieces(2001-2003) e Raphael Program – Paradisos: New Life for Old Gardens (2000-2001) sob coordenação da Prof.ª Doutora Cristina Castel-Branco (ISA/ULisboa), desenvolvidos no Jardim Botânico da Ajuda e no Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa, em cooperação com vários centros de investigação e universidades europeias.

 

Tem apresentado várias palestras e comunicações em congressos nacionais e internacionais, tendo publicado um livro,  capítulos de livros e diversos artigos científicos a nível nacional e internacional.

Ministrou cursos breves, destinados ao público em geral, sobre Jardins Históricos e sobre Paisagem, Plantas e Animais na Arte a convite do Museu Nacional de Arte Antiga (2016), da Câmara Municipal de Oeiras (2015), da Câmara Municipal de Cascais (2017), entre outras entidades.


Presidente da Direção da AAJBA -  Associação dos Amigos do Jardim Botânico da Ajuda (2013-2016, 2016-2019), Vice-Presidente da Direção da AAJBA (2010-2013).

Secretária-Geral da Associação Portuguesa dos Arquitetos Paisagistas (2016-2018) e Vogal da Comissão de Avaliação Curricular da APAP (2014-2016, 2016-2018) e Vogal do Conselho Fiscal da APAP (2014-2016).

Membro internacional do ISCCL International Scientific Committee on Cultural Landscapes - ICOMOS-IFLA, órgão consultivo da UNESCO para a classificação de Património Mundial (2009-atualidade).

Ao logo dos últimos dezassete anos desenvolveu projetos de arquitetura paisagista para jardins públicos e privados.